Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...

10 momentos marcantes da WWE nessa década

Olá e bom dia a todos que estão lendo esse artigo. Com 2019 acabando, se encerra também uma década que surgiu em 2010 e consequentemente acabará agora. A WWE, em si, teve momentos bons e ruins nessa década, além de claro, momentos marcantes. Por isso, resolvi fazer essa lista, escolhendo 1 momento marcante de cada ano dessa década, resultando no que vocês lerão a seguir. Boa leitura:

vs. Shawn Michaels (Streak vs. Carrer Match)

Um ano após protagonizarem um ótimo combate na Wrestlemania 25, Taker e Michaels concordaram em fazer mais uma luta, que ocorreria na Wrestlemania 26 em Phoenix. Porém, o combate dessa vez tinha algo a mais, a carreira de Shawn Michaels estava em jogo.

As duas lendas protagonizaram um combate cheio de emoção no evento, que contou com o desfecho em que Taker aplicou um Tombstone Piledriver e fez o pin sobre Michaels, encerrando sua carreira.

Na noite seguinte, Michaels anunciou sua aposentadoria durante um episódio do Monday Night Raw, encerrando assim uma das maiores carreiras do pro-wrestling.

Menção Honrosa: Edge retorna e vence o

Edge anuncia sua aposentadoria

Após vencer o de 2011 e ganhar o direito de desafiar um dos campeões da WWE, Alberto Del Rio decidiu desafiar Edge para um combate pelo World Heavyweight Championship na Wrestlemania 27, onde Edge defendeu seu título com sucesso.

Porém, apenas uma semana depois, Edge fez uma revelação bombástica para o WWE Universe: Ele havia sofrido uma estenose espinhal cervical, fato esse que o obrigaria a se afastar dos ringues imediatamente. Os médicos tinham medo que Edge pudesse sofrer com paralisia e até mesmo morte caso o lutador continuasse a lutar.

Edge então deixou o título vago e 1 ano após foi introduzido ao Hall of Fame da WWE. Hoje em dia, a empresa estuda um possível retorno do lutador aos ringues.

Menção Honrosa: Summer of Punk

A rivalidade de John Cena e The Rock em 2012

Ao retornar para a WWE em 2011, Dwayne “The Rock” Johnson foi anunciado para ser o “host” da Wrestlemania 27, o levando assim a ter uma feud com John Cena, o top babyface da empresa na época.

Os dois concordaram em ter uma luta na Wrestlemania 28, com o título de ser uma luta única em toda a vida. Os dois ícones da WWE ficaram frente a frente e lutaram entre si por 30 minutos no evento.

Cena quase venceu o combate, mas Rock aplicou um Rock Bottom em Cena e fez o pin, levando a vitória no show dos shows. Um ano após, os dois tiveram sua revanche, onde Cena saiu vitorioso.

Menção Honrosa: Brock Lesnar retorna para a WWE

Randy Orton se torna WWE World Heavyweight Champion

No ano de 2013, John Cena era o World Heavyweight Champion e Orton era o WWE Champion. A WWE resolveu unificar os dois títulos, e isso levou ambos os campeões para uma luta no TLC para determinar quem seria o primeiro WWE World Heavyweight Champion, o título unificado.

A vitória de Orton sobre Cena marcou o fim de uma era e o começo de outra. Os dois títulos não existiam mais, agora só existindo os 2 em 1, e quem melhor que 2 dos maiores lutadores da história da WWE para realizar tal feito ?

Menção Honrosa: Cash-in de Dolph Ziggler

Brock Lesnar acaba com a streak de Undertaker

O ano de 2014 teve vários momentos que entraram para a história. A saída de CM Punk, a rejeição dos fãs ao de 2014, a crescida de Daniel Bryan, o debut de e a separação da SHIELD. Porém, o momento que eu escolhi pra citar aqui é a quebra da streak de Taker.

É difícil dizer que esse não foi o momento mais memorável da empresa em 2014. Undertaker havia tido 1 luta por ano na Wrestlemania e havia vencido todas, lhe dando o placar de 21-0. O ponto é que ninguém esperava que Lesnar fosse acabar com essa streak, quebrando o recorde de Taker e deixando todos os expectadores da Wrestlemania 30 com os queixos caídos.

Menção Honrosa: Aparição de Hulk Hogan, The Rock e Steve Austin na Wrestlemania

realiza o cash-in na Wrestlemania 31

O main event da Wrestlemania 31 ficaria com Roman Reigns e Brock Lesnar em uma luta valendo o WWE World Heavyweight Championship de Lesnar. A luta dos dois acabou sendo muito boa, mas poucos esperavam que ela pudesse ficar ainda melhor.

Rollins apareceu de surpresa para fazer o cash in de seu contrato do Money in the Bank que o mesmo havia ganho em 2014. Ele conseguiu fazer o pin em Reigns para conquistar o título pela primeira vez em sua carreira, o que o fez começar a trilhar um caminho para os main events dos futuros eventos da WWE.

Menção Honrosa: John Cena e seus “Open Challenges” pelo United States Championship

O retorno da Brand Split

Shane Mcmahon fez seu retorno para a WWE em 2016, entrando numa storyline em que tinha uma feud com sua irmã Stephanie Mcmahon para determinar quem tomaria contra do Monday Night Raw.

Após uma luta na Wrestlemania e outros fatos, Vince Mcmahon trouxe novamente a ideia da Brand Split, movendo o Smackdown Live para as terças-feiras. Stephanie se tornou comissária do Raw com Mick Foley sendo o General Manager, enquanto Shane se tornou comissário do Smackdown com Daniel Bryan sendo o General Manager. A volta da Brand Split trouxe não só a guerra das brands de volta, mas também deu a oportunidade dos talentos do NXT serem chamados para o main roster.

Menção Honrosa: Debut de

A reunião do The SHIELD

Enquanto Roman Reigns estava falhando em ser o “top-guy” da WWE, e Dean Ambrose estavam um tanto quanto perdidos no main roster. Então, a WWE tomou a decisão de juntar o trio novamente, para delírio dos fãs.

Após semanas e semanas com a WWE dando indícios do retorno do trio, os 3 se juntaram novamente no No Mercy, levando os mesmos para uma luta contra The Miz, The Bar, Kane e Braun Strowman no TLC de 2017, com Kurt Angle substituindo Reigns já que o mesmo estava com problemas de saúde.

A reunião acabou não sendo tão longa quanto se esperava, já que Ambrose acabou sofrendo uma lesão que o deixou fora dos ringues por oito meses.

Menção Honrosa: Kurt Angle retorna para a WWE

Daniel Bryan volta aos ringues da WWE

Após anunciar sua “aposentadoria” em 2016 por estar sofrendo com inúmeras lesões na cabeça, Bryan decidiu que queria voltar a lutar, embarcando numa jornada lenta e inspiradora para que o mesmo pudesse lutar sem problemas.

Com paciência, Bryan recebeu sinal verde e pôde voltar aos ringues como sempre quis. Ele fez o anúncio histórico e emocionante no episódio do dia 20 de Março do Smackdown Live, posteriormente retornando aos ringues e ajudando Shane Mcmahon a derrotar Kevin Owens e na Wrestlemania 34.

Menção Honrosa: masculina

História sendo feita na Wrestlemania 35

Becky Lynch venceu o Royal Rumble feminino de 2019 e a WWE decidiu organizar uma Triple Threat Match na Wrestlemania envolvendo Lynch, a Smackdown Women’s Champion Charlotte Flair e a Raw Women’s Champion Ronda Rousey, onde a vencedora sairia com os dois títulos.

Essa luta foi marcada como o primeiro main event feminino na história da Wrestlemania, sendo a mesma uma luta um tanto quanto duvidosa no quesito técnica, mas que teve o desfecho da WWE dando aos fãs tudo o que eles queriam, Lynch fazendo o pin sobre Rousey e se tornando uma campeã dupla. Esse fato ficou marcado e não será esquecido tão cedo.

Menção Honrosa: Kofi Kingston conquistando o WWE Championship

E aí gente, o que acharam do artigo ? Digam aí quais momentos da década vocês colocariam e tirariam da lista, lembrando que só vale um momento por ano. Até mais!

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2022 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados