Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...

Comentários e Notas: NWA 73th Anniversary Show

No último dia 29 agosto, a realizou o seu evento especial em comemoração aos 73 anos da empresa. Em uma noite cheia de ação, a empresa apresentou 8 combates de qualidade… mas será que foram mesmo ? Bem-vindos a mais uma edição do Comentários e Notas, o quadro onde avaliamos as lutas dos principais eventos das principais empresas atualmente no pro-wrestling.

Antes de começarmos, deixa eu dar um recado importante: O sistema de notas NÃO reflete sobre o que essas lutas aqui foram se comparadas com outras. Explicando melhor, não é porque uma luta aqui é nota 10 que ela se compara com lutas que foram 5 estrelas, nada disso, porém, pro padrão que o evento se propôs a apresentar, ela foi nota 10, deu pra entender direitinho ? Sem mais delongas, bora lá:

Crimson vs. Tim Storm vs. Thom Latimer

Foi uma luta boa e bem diferente de como aparentava ser no papel. Foi uma das melhores lutas do show e é uma pena que tenha durado só 9 minutos, passou muito rápido porque foi bem trabalhada. Mesmo que esses caras aqui sejam bem lentos em outras lutas, eles se esforçaram e protagonizaram uma baita brawl. Alguns pontos para destacar foram a traição de Jax Dane contra Crimson e o Swanton Bomb que o Latime aplicou do topo da escada, muito legal. Impressionante como o Storm ainda vai bem mesmo com 50 e poucos anos.

Vencedor: Tim Storm – Nota: 7/10

Kylie Rae vs. Mickie James

Uma luta curta completamente compreensível, porém, não ao nível Mickie James. A luta em si foi bem normal, ninguém cometeu um erro grotesco e a vitória da Mickie pode dividir opiniões, mas acho que foi a decisão certa. Na verdade, o melhor momento dessa luta foi o pós dela, onde Deonna Purrazzo atacou a Mickie e só deixou claro que elas realmente vão ter uma rivalidade.

Vencedora: Mickie James – Nota: 6/10

Trios Match

A gente não pode julgar que os envolvidos aqui não tentaram entregar uma boa luta, mas nada combinou. Se a luta entre Tyrus e Da Pope já tinha sido ruim, imagina com mais gente envolvida ? Pior ainda. Os destaques foram Odison, Parrow e Masked Man, esse último por ter “roubado” o pinfall de Tyrus, indicando que eles podem entrar em rivalidade. Bem decepcionante depois de duas lutas boas.

Vencedores: Tyrus, Jordan Clearwater e Masked Man – Nota: 4/10

Chris Adonis vs. James Storm

Uma boa luta entre Adonis e Storm, especialmente porque a proposta deles para a luta e suas atuações foram bem legais de se assistir. O final foi bem ruim e estranho, então isso tira um pouco da qualidade final da luta, mas continua sendo um confronto bem legal pra passar o tempo. Foi bem legal ver o Storm escapando do finisher do Adonis e, talvez a pudesse tentar usar outro modo de construir heat no Adonis do que com aquele roll-up mal feito com os pés na corda.

Vencedor: Chris Adonis – Nota: 6,5/10

Battle Royal

Battle Royal de 12 caras que acabou sendo de 13 porque James Mitchell trouxe Judais para a luta antes que ela começasse. Cara, de verdade, por que essa luta existiu ? Talvez o segmento do Ric Flair antes disso tenha sido mais curto do que deveria, mas isso aqui foi sem condições. 20 minutos disso aqui foi torturante, até fui procurar o que comer pra ver se passava o tempo. Agora é esperar pra ver quando teremos Adonis vs. Judais, luta que promete ser bem mediana.

Vencedor: Judais – Nota: 3/10

Chelsea Green vs. Kamille

Se a Leyla Hirsch basicamente carregou a Kamille na noite anterior, a Chelesa não conseguiu fazer a mesma coisa. Foi uma luta mais surpreendente do que eu imaginava, mas continuou sendo bem fraca. Por ter tido uma luta dura contra a Leyla na noite anterior, Kamille pareceu meio desconectada da luta em vários momentos e isso atrapalhou, mas não estragou completamente. Meu maior problema com a Chelsea é o moveset dela, todos os golpes são “grandes” e ela não tem nenhum golpe básico, isso é bem estranho.

Vencedora: Kamille – Nota: 5,5/10

Aron Stevens e JR Kratos vs. La Rebelión

Mesmo que as duas lutas anteriores tivessem sido chatas, essa aqui deu uma diferenciada. Foi uma luta simples e teve a fórmula básica das duplas: Os babyfaces começam bem, são dominados pelos heels por vários minutos e depois voltam com força total, perdendo no fim. Bestia e Mecha são dois lutadores bem interessantes e, talvez eles se destaquem melhor com oponentes melhores. Stevens foi bem mediano na luta e eu realmente não compro muito esse personagem dele, pra mim não rola.

Vencedores: La Rebelión – Nota: 6,5/10

Nick Aldis vs. Trevor Murdoch

Um bom main event pra um evento que vinha sendo meio broxante. Foi uma luta boa ? Não exatamente, mas a longa história por trás dela deixava tudo melhor. Os comentaristas também ajudaram bastante a elevar essa luta, principalmente Tim Storm. A vitória de Murdoch foi necessária pelo tamanho que o reinado do Aldis com o Worlds Title já havia alcançado, mas acho que, talvez, ele pudesse ter perdido esse título antes para o Marty Scurll ou algum outro lutador. Porém, chegou a era de Murdoch e finalmente temos um novo campeão.

Vencedor: Trevor Murdoch – Nota: 7,5/10

Pra mim, a nota geral do evento foi um 6,5. O evento foi ruim ? Não, mas foi broxante. Começou muito bem, mas acabou se perdendo no meio e isso o prejudicou. Na realidade, o EmPowerrr foi muito mais legal e fluído, um evento melhor do que esse que deveria ser o melhor do fim de semana.

Concorda ou não ? Coloca sua opinião aí nos comentários e bora discutir saudavelmente, belezinha ? Até mais!

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2021 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados