Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...

Comentários e Notas: NWA EmPowerrr 2021

No último dia 28 agosto, a realizou pela primeira vez o seu grande evento totalmente feminino, o EmPowerrr. Em uma noite cheia de ação, a marca apresentou 7 combates de qualidade… mas será que foram mesmo ? Bem-vindos a mais uma edição do Comentários e Notas, o quadro onde avaliamos as lutas dos principais eventos das principais empresas atualmente no pro-wrestling.

Antes de começarmos, deixa eu dar um recado importante: O sistema de notas NÃO reflete sobre o que essas lutas aqui foram se comparadas com outras. Explicando melhor, não é porque uma luta aqui é nota 10 que ela se compara com lutas que foram 5 estrelas, nada disso, porém, pro padrão que o evento se propôs a apresentar, ela foi nota 10, deu pra entender direitinho ? Sem mais delongas, bora lá:

Chik Tormenta vs. Diamante vs. Kylie Rae

Bom, podemos resumir essa luta em um pouco decepcionante. Diamante foi a que mais se destacou, inclusive, merece um contrato de verdade com a , mas a luta ficou muito lenta em alguns momentos e isso atrapalhou. Kylie Rae foi mediana pro que a gente sabe que ela é capaz, então também decaiu um pouco. Por último, Tormenta não trouxe exatamente nada de bom e foi certo ela levar o pinfall, a AAA deveria ter mandado outra lutadora.

Vencedora: Diamante – Nota: 5/10

Hell on Heels vs. The Hex

Possivelmente a pior luta da noite, tudo pareceu dar meio errado aqui. Allysin Kay foi a melhor e fez o que podia aqui, mas é difícil carregar uma luta de duplas sozinha. As outras lutadoras tentaram dar o máximo, mas os estilos não encaixaram e a luta foi chata. O lado bom é que a crowd foi bem gentil e ajudou a deixar a luta menos pior, caso contrário, teria sido péssimo.

Vencedoras: The Hex – Nota: 4/10

e KiLynn King vs. The Freebabes

Se você não conhece as Freebabes, recomendo que comece a procurar sobre elas, as garotas são boas. Nessa que foi a melhor luta das semifinais, as duas se encaixaram. Velvet havia cometido um botch na naquela semana, então foi bom pra ela ter se destacado aqui. As Freebabes conseguiram o heat da crowd e isso deixou as coisas mais interessantes, principalmente com o bom pop que Velvet e King receberam com a vitória. Vale ressaltar que a Gordy fez todo o trabalho braçal pesado do time, força bruta.

Vencedoras: Velvet e King – Nota: 7/10

Deonna Purrazzo vs. Perez

Preciso admitir que essa luta aqui superou minhas expectativas, eu realmente não achei que a fosse entregar algo bom aqui. Deonna tem aquele famoso “It Factor”, não tem como negar. A galera pode achar que as performances dela são chatas, mas elas se tornam incríveis quando batem direitinho com o personagem dela, e esse aqui foi um desses casos. Gostei de como a soube vender a lesão no joelho e conseguir o apoio da crowd durante a luta, tornando o reinado de Deonna pelo IMPACT Knockouts Title ainda mais incrível.

Vencedora: Deonna Purrazzo – Nota: 7/10

e KiLynn King vs. The Hex

Uma luta “correta”, sem muitos erros e um final coerente, esse é o resumo. Kay novamente foi a melhor lutadora do confronto, mas a King conseguiu um bom destaque aqui, mostrando que evoluiu. Marti Belle também se destacou, e a luta pareceu mais uma parte da redenção da Velvet pelo botch que havia cometido. É muito bom ver os Women’s Tag Titles novamente na jogada e foi muito legal ver a Madusa entregando os cinturões para as campeãs. Resta saber como a empresa vai lidar com as lutadoras e a divisão em si.

Vencedoras: The Hex – Nota: 6,5/10

Kamille vs. Leyla Hirsch

Se você já criticou a Leyla Hirsch, peça desculpas agora. Essa luta aqui foi totalmente além do que eu esperava, especialmente porque a Kamille ainda parece meio crua no ringue, vendendo os golpes de maneira muito lenta e ainda precisando de muita evolução. Leyla impressionou pelos golpes aplicados mesmo sendo considerada a underdog por causa de sua estatura, e a diferença de tamanho entre as duas foi o que deixou mais legal ainda essa luta. Talvez a Leyla possa ensinar algumas coisas para a campeã, porque a garota deu foi show.

Vencedora: Kamille – Nota: 7,5/10

Women’s Invitational Cup

Devo dizer que foi uma Gauntlet bem confusa, mas não foi ruim. Os comentaristas não introduziram muito bem algumas das lutadoras, então os fãs precisaram meio que descobrir por contra própria. Além da vencedora, Chelsea Green e da finalista, Tootie Lynn, uma lutadora que se destacou foi a russa Masha Slamovich, muito boa performance. O segmento pós luta com todas as mulheres se reunindo foi muito bacana, porém, não apaga muito o caos que essa luta foi.

Vencedora: Chelsea Green – Nota: 6,5/10

Pra mim, a nota geral do evento foi um 7 pelo que o evento se propôs a fazer. Por ser um evento totalmente feminino e enfrentando todas as dificuldades de recursos e afins, as garotas foram muito bem nesse evento e, posso estar muito errado, mas foi bem mais legal de assistir do que o Evolution da . Um detalhe é que eu não consegui avaliar a luta entre Christi Jaynes e Skye Blue porque o evento teve problemas de transmissão nessa hora.

Concorda ou não ? Coloca sua opinião aí nos comentários e bora discutir saudavelmente, belezinha ? Até mais!

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2021 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados