Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...

Comentários e Notas: WWE NXT TakeOver 36

No último dia 22 agosto, o  realizou um deus grandes especiais, o TakeOver 36. Em uma noite cheia de ação, a marca apresentou 6 combates de qualidade… mas será que foram mesmo ? Bem-vindos a mais uma edição do Comentários e Notas, o quadro onde avaliamos as lutas dos principais eventos das principais empresas atualmente no pro-wrestling.

Antes de começarmos, deixa eu dar um recado importante: O sistema de notas NÃO reflete sobre o que essas lutas aqui foram se comparadas com outras. Explicando melhor, não é porque uma luta aqui é nota 10 que ela se compara com lutas que foram 5 estrelas, nada disso, porém, pro padrão que o evento se propôs a apresentar, ela foi nota 10, deu pra entender direitinho ? Sem mais delongas, bora lá:

Ridge Holland vs. Trey Baxter

Bom, foi a coisa mais sem sentido e sem construção que tivemos na noite. Holland teve mais uma chance pra mostrar a tamanha força que ele tem, e isso é muito bom se realmente forem construir ele pra se tornar um lutador de alto nível nos próximos anos, mas precisava mesmo ser logo contra o Baxter ?

O garoto é muito talentoso, tava indo muito bem no Breakout Tournament e chegou até a desafiar o Kushida anteriormente, ser colocado em uma luta assim não faz bem pro futuro dele na marca. Ambos são estrelas emergentes e que estão em uma boa crescente dentro do NXT, colocar eles dois um contra o outro pra algo que terminou em menos de 2 minutos foi um tiro no pé.

Vencedor: Ridge Holland – Nota: 4/10

Cameron Grimes vs. LA Knight

Se o Grimes perdesse só mais uma vez, já poderia pedir música no Fantástico. Convenhamos, essa luta aqui foi a melhor da trilogia entre os dois caras e a história que foi construída nas lutas anteriores ajudou muito. A crowd ficou envolvida como sempre, o Grimes como um babyface consegue esse baita efeito que ajuda muito no desenvolvimento dele.

O cara certo venceu, isso é óbvio. A história deles foi encerrada de vez nessa luta e, mesmo que o Million Dollar Title não seja algo tão relevante quanto um cinturão oficial, fiquei meio triste por terem tirado o cinturão de jogo logo no show seguinte, poderia ter sido útil por mais um tempo.

Vencedor: Cameron Grimes – Nota: 7/10

Dakota Kai vs. Raquel Gonzalez

Se uma das críticas para Gonzalez é que ela não tinha tido lutas ao nível de e Io Shirai, aqui ela teve uma muito boa. Com uma rivalidade dessas em mãos, pra estragar isso aqui seria necessário fazer uma força muito grande e ainda bem que não fizeram. Os estilos delas são bem diferentes, então a luta casou do jeito que era pra ser.

Parecia que qualquer uma das duas poderia vencer, mas Gonzalez reter o cinturão foi a decisão certa por agora, eleva ela como campeã e deixa a porta aberta pra uma futura revanche da Dakota. No final, a aparição de Kay Lee Ray após a luta e o confronto que a campeã teve com Franky Monet no NXT seguinte só apimentaram mais a rota desse grande cinturão.

Vencedora: Raquel Gonzalez – Nota: 7,5/10

Ilja Dragunov vs. WALTER

Meus amigos, me faltam palavras pra descrever o quão boa foi essa luta aqui entre dois dos melhores do cenário europeu. Dragunov e WALTER já tinham se enfrentado lá em meados de novembro/dezembro e já tinham protagonizado uma das melhores lutas de 2020, mas essa aqui conseguiu superar e ser, até o momento, a melhor luta de 2021 facilmente.

O estilo deles é simplesmente brutal e é isso que torna as lutas emocionantes, eles se doaram totalmente e protagonizaram a melhor luta do fim de semana inteiro, inteiro. Como você vira pra mim e não diz que essa luta foi incrível quando o Dragunov tava tacando a porrada no gigante ? Não tem como, foi lindo.

E sem falar na melhor parte que foi o Dragunov finalmente derrotando o até então NXT UK Champion com o mesmo golpe que tinha custado a vitória dele na última luta, o Sleeper Hold, uma referência bem feita. Não foi a luta mais divertida que eu vi no ano porque vi algumas Hardcore Matches que foram mais apetitosas pra mim, mas foi facilmente a melhor do ano até agora e isso é indiscutível.

Vencedor: Ilja Dragunov – Nota: 10/10

Adam Cole vs. Kyle O’Reilly

Quando eu ouço falar que alguém vai fazer uma 2-Out-Of-3 Falls Match, eu automaticamente penso que a luta vai estourar seus 50 minutos, mas essa aqui foi mais rápida do que eu esperava, não tirando sua qualidade. Foi uma boa conclusão pra trilogia que eles estavam tendo desde o fim da Undisputed Era e, o fim dela diria muito sobre o futuro de Adam Cole na , mesmo que O’Reilly precisasse muito vencer.

O NXT tem construído o Kyle como um lutador que não precisa ficar na sombra dos outros desde que ele conseguiu aquela primeira luta contra o Finn Bálor, então ele definitivamente não poderia perder aqui se querem que ele entre pra valer no main card. Cole, por outro lado, saiu derrotado e parece que vai acabar saindo da mesmo (talvez, muito talvez), o que é um baque pra marca preta e dourada se levarmos em consideração a qualidade dele.

Vencedor: Kyle O’Reilly – Nota: 8/10

vs.

Eu até poderia dizer que essa luta foi muito melhor do que eu esperava, mas pra mim foi a hora do cochilo no show. Mesmo com Joe sendo um dos melhores da empresa, era a primeira luta dele em anos e foi justo contra o Kross, as coisas não se ajudaram muito. Foi uma luta boa ? Até que sim, mas bem abaixo das anteriores.

Kross já não vinha sendo aquela figura dominante desde que estreou no do nada e começou a tomar piaba da galera, então é bom que o reinado dele tenha acabado e o NXT Title possa voltar a ter seu próprio brilho. Joe se torna o único 3 vezes NXT Champion e deve ser um dos principais pilares da marca caso ela realmente volte aos seus primórdios de qualidade e com novos talentos.

Vencedor: Nota: 6,5/10

Pra mim, a nota geral do evento foi um merecido 8,5 porque esse evento foi uma verdadeira aula de qualidade. Mesmo que o meu TakeOver favorito desse ano continue sendo o Vengeance Day, esse evento aqui mostrou uma diferença gritante em comparação ao que tinha rolado na noite anterior e mostrou o que dá pra fazer quando você para pra construir as lutas da maneira certa. Esse evento aqui teve a honra de carregar Dragunov vs. WALTER II e isso já marca ele como o melhor evento de agosto.

Concorda ou não ? Coloca sua opinião aí nos comentários e bora discutir saudavelmente, belezinha ? Até mais!

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2021 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados