Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...


HOW Fantasy – Chapter 8: “Olho do furacão”

Na noite do próximo sábado, dia 10 de abril, a House of Wrestling realiza mais um de seus eventos semanais diretamente da Arena Mordovia em Saransk, Rússia.

Estas são as lutas anunciadas para o evento:

  • Singles Match: Samoa Joe vs. Dave Crist
  • Singles Match: Dolph Ziggler vs. SHO
  • Singles Match: Sammy Guevara vs. Darby Allin
  • Non-Title Match: Mil Muertes vs. Jay White
  • Singles Match: Corey Graves vs. Silas Young
  • Tag Team Match: AJ Styles e Adam Cole vs. Bray Wyatt e Karrion Kross

Nota: Podem promar até às 17h de sábado.

Confira tudo isso e muito mais, sábado, a partir das 19 horas, aqui no Wrestling Notícias.

Cobertura:

O show dessa semana se inicia com o tradicional pyro e a música de entrada ecoando pela arena. Enquanto os comentaristas dão as boas-vindas aos fãs, vemos um pequeno resumo do que aconteceu no último show, seguido por um vídeo de Cesaro sendo liberado pelo departamento médico e chegando na arena mais cedo.

Já próximo ao ringue, “100% Voltage” ecoa pela arena e SHO vem até o ringue com um certo pop do público. Na sequência, uma chuva de vaias se inicia quando “I’m Perfection” começa a tocar e Dolph Ziggler desce a rampa de entrada. Os dois lutadores se encaram no ringue mas logo vão para corners opostos.

Singles Match: Dolph Ziggler vs. SHO

(08:14) Em um rápido combate, SHO tentou aplicar um Spinebuster em Ziggler, mas o loiro foi mais rápido e puxou seu oponente em um Falling DDT! Antes que SHO pudesse se recuperar, Ziggler o surpreendeu com um Famouser! Em último momento, ele apenas esperou SHO se levantar e o puxou para um Zig Zag que encerrou o confronto.

Vencedor: Dolph Ziggler

Após o embate, Ziggler vai até SHO e fica gritando algumas coisas no rosto do oponente, só parando quando resolve ir logo para os bastidores.

Já nos bastidores, somos levados até Christian e Cesaro, que haviam se encontrado por acaso nos corredores da empresa.

Christian: Ouvi que você foi liberado pelo departamento médico, isso é ótimo!

Cesaro: Bastante, e espero que você seja liberado em breve também.

Christian: Talvez em breve. Por enquanto, é seu momento de voltar a brilhar por essa empresa.

Cesaro: É o que pretendo, porém, tenho assuntos inacabados para resolver primeiro. Aquele cara já causou problemas demais aqui na empresa, chegou a hora de alguém mostrar qual é o lugar dele.

Os dois lutadores se despedem e Cesaro vai em direção a sua locker room, bolando seu plano para resolver a situação toda do momento.

Voltamos para a arena e os comentaristas nos lembram que o Fight Till You Die. Eles falam e dão seus palpites sobre as duas lutas já confirmadas: Drew McIntyre vs. Samoa Joe em uma Last Man Standing Match e Daniel Bryan vs. Sammy Guevara em uma Street Fight.

Assim que o ringue é mostrado novamente, Darby Allin vem ao ringue ao som de “I Fell”. Na sequência, Sammy Guevara vem ao som de “Take Flight” e gravando seu usual vlog. Ele chega ao ringue e tenta chegar perto de Allin para gravá-lo, mas leva um forte soco no rosto que o derruba no chão e joga sua câmera longe.

Singles Match: Darby Allin vs. Sammy Guevara

(11:34) Allin conseguiu derrubar Guevara e acertou seu oponente com um Springboard Tornillo, mas Guevara escapou da contagem. Allin levantou o oponente e tentou acertá-lo com um Brainbuster, mas Guevara conseguiu fazer força e escapar do golpe, acertando Allin em cheio com um Superkick! Após o golpe, Guevara escalou até a terceira corda rapidamente e acabou o embate com um 450 Splash.

Vencedor: Sammy Guevara

Após o combate, Guevara vai rapidamente até embaixo do ringue e pega uma cadeira, a jogando no ringue e entrando de volta no mesmo na sequência. Antes que o árbitro possa fazer alguma coisa, Guevara pega a cadeira e começa a atacar as costas de Allin com o objeto, quase chegando a entortar a cadeira no processo. Para terminar sua tortura, ele coloca a cadeira em volta do pescoço de Allin, sobe na terceira corda e se joga em seu oponente com um Jumping Knee Drop que destrói Allin. Assim que termina o ataque, Guevara exige um microfone e rapidamente um dos funcionários lhe joga um.

Sammy: Calem a boca e parem com essa porra de me vaiar, bando de malditos. Isso aqui não passou de um aviso bem ilustrado para Daniel Bryan. Ei, velhote, viu o que acontece quando alguém se mete comigo ? É isso aqui o que vai acontecer com você no próximo sábado. Depois de mim, você vai ter que reconsiderar se aposentar pela terceira vez na sua carreira.

Guevara larga o microfone no chão e pega sua câmera, indo embora para os bastidores enquanto alguns médicos chegam para checar o estado de Allin.

Comerciais…

Voltamos do intervalo e somos levados diretamente para o ringue, onde AJ Styles e Adam Cole chegam até o mesmo ao som de “Phenomenal” e “Undisputed” respectivamente. Na sequência, Bray Wyatt e Karrion Kross chegam ao som de “Let Me In” e “Dead Silent”, mostrando um contraste entre as personalidades dos dois aliados.

Tag Team Match: Adam Cole e AJ Styles vs. Bray Wyatt e Karrion Kross

(15:29) Styles conseguiu acertar um Phenomenal Forearm em Wyatt e ia fazer a contagem, mas Kross entrou no ringue rapidamente e o tirou de cima do companheiro. Cole entrou no ringue e tentou acertar um Superkick em Kross, mas o grandalhão segurou a perna de Cole e lhe aplicou um Lariat. Kross então saiu do ringue e apenas esperou que Wyatt fizesse a tag, indo pra cima de Styles e o finalizando com um Kross Jacket!

Vencedores: Wyatt e Kross

Após o combate, os dois lutadores comemoram juntos por um tempo e seguem caminhos opostos na sequência. Styles e Cole ficaram discutindo no ringue, um culpando o outro.

Somos levados aos bastidores e vemos Jay White passando pelos corredores. Ele e Wyatt se trombam por ali, mas Wyatt apenas dá uma risada e deseja boa sorte ao lutador.

Já na arena, o próprio Jay White surge ao som de “Switchblade”. Na sequência, as luzes da arena se apagam e surgem Catrina e o Intercontinental Champion Mil Muertes ao som de “Cinco de Mayhem”. Muertes eleva seu cinturão na frente de White e não tira seu olhar do oponente.

Non-Title Match: Intercontinental Champion Mil Muertes vs. Jay White

(18:23) White resistiu por muito tempo aos duros golpes de Muertes e até chegou a surpreender o lutador, usando toda a sua força e colocando o monstro no chão com um forte German Suplex! White aproveitou o momento e tentou puxar Muertes para um Bladerunner, mas o campeão conseguiu jogar White pra longe com um Chokeslam! Sem fôlego, White foi presa fácil para um Reaper’s Trident que finalizou o confronto.

Vencedor: Mil Muertes

O público vaiou um pouco a vitória do campeão, mas ele parecia não se importar. Catrina entrou no ringue e deu o cinturão ao seu respectivo dono, o vendo erguê-lo com orgulho. Ela se abaixou perto de White e tentou lhe dar o “Kiss of Death”, porém, as luzes se apagaram. Assim que se acenderam novamente, THE FIEND ESTAVA NO RINGUE! Segurando Catrina em um Mandible Claw, o “amigo” de Wyatt enfureceu Muertes e fez o monstro ir pra cima de si. Assim que viu o oponente vindo, ele jogou Catrina pro lado e surpreendeu Mil Muertes com um Mandible Claw também, forçando e colocando o monstro no chão, o apagando em alguns segundos de golpe. Após tudo, Fiend se levanta e as luzes vermelhas tomam conta da arena, com dois corpos caídos aos pés do monstro.

Comerciais…

Voltamos dos comerciais e os comentaristas nos dizem que Catrina comunicou ao CEO Leonardo que Mil Muertes exigia uma luta contra The Fiend, e o CEO concedeu. Com isso, Mil Muertes defenderá seu Intercontinental Championship contra The Fiend no Fight Till You Die.

Novamente na arena, Silas Young vem rapidamente ao ringue usualmente sem sua música de entrada. Na sequência, “Christcontrol” ecoa e Corey Graves desce até o ringue sob uma enorme chuva de vaias. Para respondê-las, ele apenas para no centro do ringue e aponta seus punhos fechados para o público.

Singles Match: Corey Graves vs. Silas Young

(20:07) Young conseguiu superar a juventude de Graves e o colocou no chão com um Corner Springboard Lariat! Graves tentou se levantar rapidamente e Young conseguiu conectar o seu Killer Combo, acabando com Graves. Quando Young foi fazer a contagem, Graves conseguiu puxá-lo em um Roll-up mas Young conseguiu sair, o que ele não esperava é que Graves fosse se enganchar na perna dele e aplicar um forte Lucky 13 que impedia Young de se levantar. Sem muita escolha, o lutador precisou desistir.

Vencedor: Corey Graves

O vencedor da luta se levanta e começa a xingar Young, o chutando pra fora do ringue. Ele novamente posa de frente para o público e estende seus punhos, mostrando suas tatu – CESARO SURGE DE TRÁS E O ACERTA COM UMA MULETA! O público vibra com a cena e Cesaro retira seu paletó, jogando a muleta longe e erguendo Graves, aplicando um forte Neutralizer que faz o oponente colapsar no chão. Assim que acaba o ataque, Cesaro se ajoelha perto de Graves com um microfone em mãos.

Cesaro: Já que você tanto pediu por isso, aqui está o que conseguiu. Eu vou te dar uma chance de se provar em uma luta justa contra mim, uma chance de alterar o fracasso e colocar um pouco de respeito nessa sua cabeça. Fight Till You Die. Eu e você. Meu National Championship na linha. Vamos ver do que você é feito, otário.

Cesaro larga o microfone no chão e a crowd vibra quando ele sobe na terceira corda e faz sua característica taunt.

Comerciais…

Para a última parte do show, somos levados diretamente para a arena e é chegada a hora do main event. De um lado, surge Dave Crist com sua cruz em mãos ao som de “Dark Epic Aggressive”. Do outro lado, Samoa Joe chega ao som de “World’s Strongest Destroyer”. Os dois lutadores se encaram no ringue e Crist tenta evangelizar Joe, mas o oponente pouco se importa e empurra Crist.

Singles Match: Dave Crist vs. Samoa Joe

(04:38) Em um confronto rápido, Crist tentou tomar a iniciativa dos golpes e até conseguiu prender Joe em um Crossface, mas o grandalhão conseguiu se agarrar nas cordas. Já de pé, Joe atacou Crist brutalmente com seu Punching Combo e o agarrou com um Coquina Clutch, apagando o pastor de uma hora pra outra.

Vencedor: Samoa Joe

Joe comemora sua vitória enquanto Crist rola para a ringside, totalmente destruído. Antes que Joe pudesse sair do ringue, “Broken Dreams” ecoa e o HOW Champion Drew McIntyre aparece com um grande pop do público presente. Joe já se prepara para uma luta e fica chamando Drew, porém, o campeão para no começo da rampa de entrada e ergue seu cinturão o mais alto que pode, fazendo um sinal de morte para Joe e dizendo que ele não passaria do dia 17.

Para encerrar o show, os comentaristas comentam mais uma vez sobre as lutas marcadas para o Fight Till You Die e a data do evento, 17 de abril.

Fim de show!

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2021 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados