Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...

Keith Lee e Dominik Dijakovic: A quebra de paradigma do PW

Olá a todos que estão lendo este artigo. No último domingo a WWE realizou mais uma edição do NXT Takeover, dessa vez em Portland. Após mais um evento que surrou os shows do RAW e do SmackDown, nos surge a pergunta: Qual foi o melhor combate ? Por isso, resolvi abordar nesse artigo aquele que na minha opinião foi o melhor combate da noite, Keith Lee vs. Dominik Dijakovic.

Em uma noite onde tivemos combates como Finn Bálor vs. Johnny Gargano e Tommaso Ciampa vs. Adam Cole, por que eu resolvi escolher Lee vs. Dijakovic e por que o título do artigo ? Bom, vou explicar ponto por ponto para vocês.

Ao longo dos anos, tivemos lutadores grandes, pequenos, magros, gordos, ágeis, lentos e de todos os tipos dentro do ringue. Quando falamos sobre caras grandes, boa parte do público pensa em caras não tão rápidos, como Kevin Nash e até mesmo Hulk Hogan em uma parte de sua carreira, isso faz com que ao olharmos para caras como Lee e Dijakovic nós automaticamente pensemos que eles são lentos, coisa que eles definitivamente não são.

Lee é um cara de 1,88 com cerca de 146 kgs, enquanto Dijakovic tem 2,01 e 122 kgs, logo, fazendo com que seja difícil para eles se moverem rápido em tese, porém, é só assistir uma luta deles dois contra qualquer pessoa e você vai mudar sua opinião. Os dois já tiveram várias outras lutas entre si durante o NXT e todas elas foram surpreendentes, com ambos melhorando mais a cada luta, mas essa do Takeover foi a melhor que eu já vi entre caras desse tamanho.

A quebra de paradigma que esses dois causam é uma das melhores coisas que o produto do NXT tem atualmente, não só eles, mas outros lutadores como Damian Priest (as vezes), Killian Dain e Walter também conseguem quebrar essa barreira do porte físico, proporcionando lutas sensacionais.

Vamos ao resumão da luta: O combate era pelo NXT North American Championship de Keith Lee, onde o mesmo defendeu o cinturão com sucesso. A luta em si foi bem movimentada e frenética com um ritmo bem acelerado, com menções bem honrosas para os seguintes momentos: Dijakovic aplicando um Springboard Senton em Lee que estava fora do ringue, um Spirit Bomb de Lee em Dijakovic onde o mesmo ficou em pé após receber o golpe, Spanish Fly da terceira corda, uma variação do Avalanche Feast Your Eyes e é claro, um número enorme de reversões e outros spots.

A luta chegou ao fim quando Dijakovic não conseguiu aplicar um novo Feast Your Eyes em Lee, dando a oportunidade para o campeão o pegar e aplicar um Big Bang Catastrophe e então fazer o pin para reter o cinturão.

Ao fim do combate os dois se cumprimentaram e posaram juntos no ringue, dando a entender que talvez ainda teremos mais combates dos grandalhões. Eu, como fã a muito tempo do Keith Lee, posso garantir a vocês que essa é talvez a melhor luta que eu vi desse cara, mostrando a incrível química que esses dois tem no ringue.

Para muitos a melhor luta do evento foi Bálor vs. Gargano, mas Lee vs. Dijakovic conquistou meu coração por tudo que representou. E vocês, o que acharam do combate e do Takeover em si ? Até mais!

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2021 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados