Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...


Lutadores liberados pela WWE em 2021 – Pra onde devem ir?

É provável que esses primeiros 6 meses de 2021 tenham sido o período em que a WWE mais demitiu funcionários, e olha que os rumores são de que ainda irão sair mais. Com isso, vários lutadores estão livres no mercado, alguns com sua clásula de não competição de 90 dias quase expirando e outros que estão apenas começando a espera para arranjar um novo trabalho.

Hoje, veremos aqui pra onde essa galera deve ir, claro, na minha opinião. Antes de começarmos, eu não irei considerar Andrade (Já assinou com a AEW), Steve Maclin (Confirmado na Impact Wrestling), Drake Wuertz (Vai voltar para o ramo das Deathmatches) e Daniel Bryan (Ninguém tem a mínima ideia se ele vai ou não assinar um novo contrato com a WWE). Sem mais delongas, bora lá:

Santana Garrett – ROH

Sabemos que Garrett nunca teve tantas chances assim desde sua chegada à WWE, porém, as lutas dela mostram que ela ainda pode melhorar em muita coisa. A divisão feminina da ROH está em uma constante revolução, o novo torneio de verão pelo título feminino mostra o quanto eles estão apostando em lutadoras desconhecidas/pouco famosas para voltar a ter uma divisão forte. Na minha visão, Garrett e ROH poderiam se completar de uma maneira especial.

Murphy – AEW/NJPW

Um dos caras mais talentosos que a WWE deixou sair, eu não tenho a menor dúvida de que a AEW vai ir atrás do Murphy. Porém, mesmo que a AEW seja a opção mais óbvia para Murphy, ela não é a única empresa de alto escalão que poderia oferecer algo para o lutador. Imaginem só, assim que a pandemia já estiver bem controlada em um nível global e as fronteiras totalmente abertas, Murphy chegando na divisão Junior da NJPW ? Imaginem só as lutas que ele poderia ter com El Phantasmo, El Desperado, SHO, YOH e tantos outros caras.

Brandi Lauren – SHINE/ROH

O caso de Lauren é extremamente parecido com o de Garrett, poucas lutas e muita coisa a se melhorar. Além de, é claro, ir para a ROH e também crescer junto com a divisão feminina da empresa, Lauren já passou pela SHINE Wrestling e poderia muito bem fazer um bom retorno, aperfeiçoar ainda mais suas habilidades e, quem sabe, entrar em uma outra grande empresa para provar seu valor.

Braun Strowman – MLW/NWA

Pode parecer estranho o que eu vou falar, mas Strowman não pode ir direto pra uma empresa de mainstream novamente. Ele tem seu carisma e sabemos que ele entretém o público, mas suas habilidades seriam muito melhor utilizadas em empresas como a MLW e NWA, onde ele poderia ser um dos top guys com uma certa facilidade e deixar pontes bem abertas para chegar aos principais cinturões das duas empresas. Sem contar que, Billy Corgan (Presidente da NWA), já disse que adoraria contar com Strowman.

Samoa Joe – IMPACT Wrestling/AEW

Um bom filho a casa torna, podemos terminar a parte de Joe por aqui. A volta de Joe para a IMPACT não é algo de pensar se pode acontecer, mas sim de quando irá acontecer. Joe chegará na empresa sendo a principal estrela não sendo de outra empresa (Ex: Kenny Omega), ele tem tudo pra voltar a brilhar lá. Por outro lado, o que não falta para Joe não “Dream Matches” na AEW, onde ele poderia ter toda a liberdade que sempre quis. Onde quer que vá, será grandioso.

Vanessa Borne – PROGRESS

Ficar em uma empresa por tanto tempo sem lutar deve ser a coisa mais frustrante do mundo pra um lutador que realmente se importa com sua profissão, logo, o que Borne precisa é de espaço, e que outra empresa pode melhor proporcionar isso do que a Progress ? A divisão feminina da empresa está recheada de jovens promessas talentosas e Borne pode chegar para ser um dos expoentes da divisão, é só sucesso.

Lars Sullivan – Aposentadoria/Boxe

Para a tristeza de muitos, Sullivan já deixou claro (ou sub entendido) em algumas entrevistas que ele não voltará para o pro-wrestling, logo, nessa indústria aqui ele já se aposentou. Porém, Sullivan já vem treinando a alguns anos na área do boxe e ele realmente gosta desse tipo de esporte, logo, por que não esperar que o “Freak” suba nos ringues usando suas luvas e nocauteie alguns grandes nomes ? Questão de tempo.

Aleister Black – AEW/NJPW

Mais um lutador que a WWE fez questão de estragar, Black, ou melhor, Tommy End, tem muito mercado por aí, qualquer empresa do mainstream se beneficiaria em tê-lo. É por isso que, mesmo que ele se encaixe em todas as empresas que eu consiga pensar, creio que AEW e NJPW irão disputar para tê-lo ou permitirão que ele trabalhe em ambas, o cara pode fornecer lutas que valem prêmios imensos para as empresas.

Chelsea Green – IMPACT Wrestling

Assim como Joe, é até meio óbvio imaginar que Green irá para a IMPACT Wrestling. Mesmo que muitas pessoas continuem pedindo que ela vá para a AEW, a melhor época da carreira dela foi como Laurel Van Ness na IW, é o lugar certo pra ela. Além disso, ela e Matt Cardona podem acabar rumando juntos numa mesma empresa, ou seja, quase certeza que o casal ficará na Impact por um bom tempo.

Jessamyn Duke – Aposentadoria/MMA

Diferente de Sullivan, que ainda tem talento para o pro-wrestling, eu acho que Duke nunca chegou ao ponto certo de conseguir se dar bem no PW. É por isso que, acima de tudo, creio que uma aposentadoria pra ela no PW seria uma ótima escolha, já que ela poderia voltar a focar na área onde ela realmente é boa, o MMA. O card dela no esporte pode não ser dos melhores, mas ela tem mais chances de evoluir lá do que por aqui.

Mojo Rawley – OVW

Se você me perguntar onde eu quero ver o Mojo Rawley, olha, eu diria que nenhuma empresa seria doida o suficiente pra contratá-lo, sabendo de suas várias deficiências no ringue e afins, porém, ele serviria em algumas empresas. A Ohio Valley Wrestling ainda é uma empresa pouco conhecida e que precisa de nomes mais fortes pra se elevar, Mojo pode ser esse cara. Acabando de sair da WWE, ele pode levar algumas pessoas para a OVW.

Kavita Devi – ROH

O caso de Devi é curioso, vários sites reportaram a demissão dela mas a lutadora afirmou que ainda estava sob contrato com a WWE, bom, eu vou colocá-la aqui por via das dúvidas. Devi é uma lutadora indiana talentosa, merece ter um lugar bom pra se desenvolver, logo, cai no mesmo caso de Garrett e Lauren, a divisão feminina da ROH está sendo reconstruída e fica logo ali, é um ticket de elevação muito bom.

Lana – AEW

Calma, não precisam surtar aí nos comentários. Eu sei que Lana está longe de ser uma lutadora boa, mesmo que a gente tenha visto ela se esforçando e treinando bastante para conseguir ter mais chances na WWE, mas quem disse que aqui só consideramos que a galera lute ? Miro está tentando levar sua esposa para a AEW e ela voltaria a cair bem como manager dele, é um tiro em claro que não dá errado.

Billie Kay e Peyton Royce – AEW/IMPACT Wrestling

Talvez essas duas aqui sejam as que menos precisam de explicação, o tanto que elas já deram indícios de ir pra uma dessas 2 empresas chega até a ser retórico. Mas não se engane, as duas são bem talentosas solo (Royce melhor do que a Kay) e como dupla então, vish, é carisma puro e só show. Na divisão de Knockouts da IMPACT, não aceito menos que 1 ano de reinado como campeãs de duplas, e na AEW elas também dariam certo.

Kalisto – MLW/AAA

O nosso querido Samuray del Sol retornou e Kalisto já é passado, porém, temos aqui 2 opções para o nosso pequeno gigante. Ele já passou na AAA, logo, seria muito fácil voltar novamente pra lá e continuar no mesmo nível de sempre, porém, também temos a opção da MLW. A Major League Wrestling vem crescendo cada vez mais e, na divisão Middleweight, Kalisto deitaria, sem contar que as duas empresas tem parceria entre si.

Mickie James – Aposentadoria

Eu pensei muito em colocar a James na IMPACT Wrestling para uma última passagem, mas creio que a aposentadoria é o melhor pra ela no momento. Ela não tem mais nada pra provar e merece um bom descanso por tudo o que já fez, logo, deixem a mulher ficar na paz. Se fosse uma empresa, eu pensaria no máximo em NWA pra que ela fique com Nick Aldis e Melina, porém, prefiro que descanse.

Alexander Wolfe – wXw

Wolfe é um lutador até que bem injustiçado na WWE, fez parte do grupo Sanity (morto pela WWE) e da Imperium (onde ele era o membro menos relevante nas storylines). No cenário europeu, muita gente gosta desse cara aqui, é só pesquisar as aparições dele em empresas indys pra você ver. No caso, a wXw seria uma casa perfeita pro cara, ele já passou lá uma vez e faltou conquistar o World Title, o que pode ser possível agora.

Ruby Riott – OVW/SHIMMER/NWA

Eu poderia colocar a Riott no caminho da IMPACT ou até mesmo na AEW ? Poderia, mas eu prefiro que ela reconstrua sua carreira primeiro antes de voltar ao mainstream. Na SHIMMER ela já passou, voltar não seria difícil. OVW tem uma divisão feminina fraquíssima e seria um bom salto pra ela se destacar novamente. Por último, a NWA tem lutadoras boas e que podem ajudá-la, sendo a melhor opção ao meu ver.

Tucker – SWE

Tucker tinha um certo futuro ao lado de Otis como a Heavy Machinery, mas foi mais uma das duplas que a WWE resolveu simplesmente destruir. Ele passou 8 anos na WWE e nunca trabalhou em outra empresa de PW, por isso, ele tem muito a evoluir em uma empresa como a SWE, que é uma indy que vem crescendo e precisa de grandes nomes para se alavancar. Tucker é um ex-WWE, ele atrai audiência.

EJ Nduka – Aposentadoria/Futebol Americano

Sendo sincero com vocês, eu nunca vi uma do Nduka, mas isso não é culpa dele, afinal, a WWE nunca, pelo que eu me lembre, nunca colocou ele pra lutar na televisão. O grandalhão é um antigo jogador de futebol americano e nisso ele leva jeito, então a melhor opção seria se aposentar do PW e voltar ao esporte que revelou ele para o mundo, seria o melhor jeito de voltar ao que gosta.

Wesley Blake – GCW/IMPACT Wrestling

Blake sempre foi o cara esquecido das duplas. Ao lado de Murphy, ele foi deixado pra trás. Com os Forgotten Sons, ele foi o menos lembrado. Se a gente for colocar ele na IMPACT, é quase certeza que ele vai ter espaço, mas ele vai ser relacionado com Steve Maclin do mesmo que jeito que Brian Myers e Matt Cardona. Já na GCW, ele teria espaço ao lado de vários lutadores independentes, ele só precisaria começar a se arriscar um pouco mais.

Bo Dallas – ROH

Eu pensei muito aqui no caso do Bo Dallas, o cara viveu a carreira dele inteira na WWE e o estilo dele originalmente não se encaixa em nenhuma empresa específica, a não ser na ROH. A Ring of Honor está passando por uma lenta reconstrução e, alguém que tem o apreço de um grande público pode ajudar a alavancar a audiência da empresa. A propósito, eu acharia muito interessante uma rivalidade entre ele e Dalton Castle.

Velveteen Dream – AEW/MLW

Mesmo com as diversas acusações de má conduta sexual de Dream, o cara é talentoso, isso a gente não pode negar. O futuro dele com certeza será no mainstream, eu não tenho a menor dúvida de que uma grande empresa irá atrás dele em breve. Entre as opções, ele definitivamente seria um top guy na MLW e poderia competir bastante por um bom lugar ali na AEW, são duas empresas onde ele se daria bem.

E aí, concordam com as empresas citadas ? Caso não, pra onde você mandaria essa galera e por quê ? Fala aí pra gente nos comentários e até mais!

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2021 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados