Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...

Ryback diz que Triple H nunca seria um Pro Wrestler sem esteroides

Na última edição de seu podcast ‘Conversations with The Big Guy’, o ex- Ryback falou sobre a política de bem-estar da empresa, sobre as vezes em que um talento deve passar por um exame de drogas por ano e se pessoas como também devem passar por isso.

Sobre quantas vezes por ano os talentos passam no teste de drogas:

“Se bem me lembro, eram no mínimo quatro vezes por ano. Não importa onde você estivesse: se eles queriam fazer um check up em você, eles enviavam alguém até a sua casa. Lembro-me de uma vez, quando eu era jovem, e estava em território de desenvolvimento, e ainda morava na casa de meu pai em Las Vegas … Bem, eles me ligaram, disseram que deveriam fazer os exames e mandaram um de seus funcionários para casa de meu pai. Essa pessoa mexeu comigo em nosso banheiro privativo, o que foi muito estranho. Sei que no UFC eles enviam alguém da USADA, a agência antidoping do país, e você deve estar disponível a qualquer momento e em qualquer lugar. Basicamente, eles ligam para você no telefone para saber onde você está e mandam alguém para fazer os testes … Mas você pensa, “Bem, se eu não atender o telefone, o problema será resolvido”. Mas não. Se eles não o localizarem, você tem um prazo e deve contatá-los para enviar alguém ou terá muitos problemas.”

Se esses testes são aleatórios ou não:

“Sim, na minha época na empresa era uma lista de pessoas totalmente aleatória, e suponho que continue sendo assim. Enfim, haviam certos talentos que eram checados com muita frequência, especialmente aqueles que usavam maconha… Eu nunca usava, mas conheço colegas que usavam, mas não porque eram viciados em drogas, mas porque isso ajudava-os a dormir à noite, relaxar para descansar e acompanhar o ritmo do trabalho que estávamos realizando. Bem, toda vez que essas pessoas testavam positivo para maconha, eram multadas em US $ 2.500 e o que a empresa estava fazendo? Bem, fazendo isso com muita frequência para basicamente roubar seu dinheiro. Essas pessoas deixavam boa parte de seu salário por ano em multas e eu insisto que não eram viciadas em drogas, mas pessoas que precisavam descansar melhor. Da minha parte, às vezes eles me checavam com frequência e depois passavam longos períodos de tempo sem se lembrar de mim. No entanto, devo admitir que o conceito da política de bem-estar parece ser uma ótima ideia e até acho que deve ser um processo mais documentado e rigoroso, mas não apenas na WWE, mas na luta-livre em geral.”

Se também passa por esses testes:

Hunter? Nem me fale! Ele não aceitaria nunca na vida fazer um teste desse tipo ou, se o fizesse, seria por motivos de publicidade. Toda a sua carreira foi construída com esteroides e ele é nojento, porque devo confessar que cresci vendo-o e admirando-o como um dos meus lutadores favoritos, uma inspiração para mim … Mas as coisas são como são: sem esteroides, Hunter não teria tido uma carreira no mundo do wrestling profissional.

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2022 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados