Ex: Aj Styles, CM Punk, WWE, All Elite Wrestling e etc...

WN Entrevista: Michael Knight

Após quase 3 anos sem conhecermos melhor alguns dos grandes talentos escondidos por aí no mundo do pro-wrestling, voltamos hoje com tudo e a estrela da vez vem lá da Alemanha. No começo da nossa primeira tour pelo pro-wrestling europeu, conversaremos um pouco com Michael Knight, atleta alemão que tem lutado atualmente pela wXw e tem diversas lutas disponíveis na Network.

Numa entrevista exclusiva para o Wrestling Notícias e com um recado em formato de vídeo no final, falamos um pouco sobre a carreira e os objetivos do lutador:

Michael, você já tem mais de 16 anos de experiência no ringue, mas o que fez você escolher o pro-wrestling?

“Quando eu tinha 7 anos, meu pai me levou para eventos ao vivo do que ainda era WWF naquela época. Imediatamente me tornei um grande fã e nunca mais perdi o amor pelo pro-wrestling desde então. Quando fiz 16 anos comecei a treinar pro-wrestling em Berlim e depois de quase 4 anos de treino tive a minha primeira luta”.

O pro-wrestling sempre esteve em sua vida?

“Praticamente sim – eu fiquei amarrado nisso bem cedo na minha vida. Tornei-me fã quando era criança e mais tarde tornei-me o que chamamos de estudante do jogo… por sorte continuei a ser fã também”.

Você já competiu contra grandes nomes como PAC e El Generico, mas quem é seu adversário favorito de todos os tempos?

“Se eu tivesse que citar apenas um, eu diria Davey Richards. Eu realmente gosto do estilo dele, especialmente de quando ele começou e ainda se movia e lutava como um Kid moderno”.

Seu nome é muito importante para a cena indy alemã, você acha que lutadores de países europeus estão tendo mais reconhecimento hoje em dia?

“Eu não diria que há mais reconhecimento porque também houveram lutadores europeus de sucesso no passado. O nível de reconhecimento depende muito da quantidade de trabalho que um lutador faz para ser reconhecido. Trabalhei duro por muitos anos e finalmente consegui minha chance com a wXw, que é uma das maiores promoções da Europa. Com um palco maior para se apresentar, veio mais reconhecimento também”.

Falando das grandes ligas (, , , etc), existe alguma empresa na qual você gostaria de trabalhar?

“Claro, eu adoraria trabalhar para todas elas para fazer todas as experiências diferentes. No momento, eu provavelmente gostaria mais de trabalhar para a AEW. Parece ser um lugar cheio de pessoas que colocam a paixão pelo pro-wrestling em primeiro lugar, então eu provavelmente me sentiria bem confortável lá. Na verdade, ela me lembra a wXw, pois você pode literalmente sentir o amor e a dedicação que todos estão colocando nisso”.

Você já ouviu falar das empresas brasileiras de luta livre? Se convidado, você competiria aqui?

“Eu li sobre a Brazilian Wrestling Federation de São Paulo e sim, eu gostaria de competir no também! Eu nunca estive lá, mas parece ser um belo país”.

Na sua visão, quem é o melhor lutador profissional hoje?

“No momento, acho que Bryan Danielson está em uma forma fenomenal e faz alguns de seus melhores trabalhos de todos os tempos. Ele é o melhor do mundo novamente”.

Michael Knight é APENAS pro-wrestling?

“O pro-Wrestling é definitivamente a maior parte da minha vida, mas também sou um atleta vegano em outras disciplinas e consultor de nutrição”.

Você vai lutar nos Estados Unidos este ano?

“Espero que sim, mas não há planos específicos no momento. Claro que a situação atual torna muito difícil viajar em geral”.

Já que sua rivalidade com Bobby Gunns parece ter acabado, quais são seus próximos objetivos?

“Meu próximo grande objetivo é ganhar o prestigioso wXw 16 Carat Gold Tournament em março! Se eu conseguir ganhar o troféu, desafiarei o wXw World Champion depois”.

E ele deixou um recado para os fãs brasileiros e os fãs do Wrestling Noticias também:

Contato | Politica de Privacidade | Sobre nós | Equipe | Anuncie
Copyright (c) 2010-2022 Wrestling Noticias - Todos direitos reservados